Valsa Binária

by Valsa Binária

/
  • Streaming + Download

     

1.
2.
02:37
3.
02:36
4.
04:17
5.
03:24
6.
03:28
7.
8.
9.
02:06
10.
02:46
11.
02:42
12.
01:35

credits

released August 18, 2011

Produzido por: Leo Moraes
Gravado e mixado no Estúdio Pato Multimídia
Belo Horizonte - MG - Brasil
Masterizado por: Ricardo Garcia
Estúdio Magic Master - Rio - RJ

Valsa Binária é:

Alex Reuter: Baixo
Leo Moraes: Guitarra e voz
Rodrigo Valente: Bateria

tags

license

all rights reserved

about

Valsa Binária Belo Horizonte, Brazil

10, novo trabalho da Valsa Binária, propõe um mergulho em uma sonoridade inventiva, tão versátil quanto seus próprios integrantes. São faixas que não seguem diretrizes estilísticas ou objetivos concretos, bom estímulo para ouvintes atentos que terão arsenal para desvendar camadas sonoras a cada audição.
O Valsa Binária é formado por Leo Moraes, Danilo Derick, Salomão Terra e Rodrigo Valente.
... more

contact / help

Contact Valsa Binária

Streaming and
Download help

Track Name: Por Esse Lugar
Tudo o que acontece nesse momento dava pra imaginar
Tudo o que eu consigo tudo o que eu tento passa por esse lugar
E se não acredito mais em certeza não vejo que mal que há
Pois sempre que a dúvida traz beleza passa por esse lugar

E não há o que lamentar, infeliz
Todo mundo está bem onde quis

Tudo o que se passa na sua vida já aconteceu com alguém
Alegria, dor, amor, despedida nenhuma novidade tem
Mas ao mesmo tempo tudo se move, não dá pra parar o trem
E eu prefiro apreciar a paisagem achando que é de mais ninguém

Sei que assim como meu tatataravô
Certamente
Teve aquilo que ele buscou
Track Name: Tiramisu
Quem pediu foi o vento, em casamento
A bela chuva
Ele disse "Querida, você na minha vida
Cai como uma luva!"

Primavera foi dama de honra
E jogou tantas flores no chão
E a noite de núpcias, tamanha a volúpia
Foi um furacão

E foi tanto rolar que a cama do mar
Toda se amarrotou
E a onda o lençol, pelo vendaval
foi jogada no azul

Nesse dia de festa até a floresta
Inteira se rendeu
E também a cidade assistiu com humildade
E a eles cedeu

Quem pediu foi o vento, em casamento
A bela chuva
Ele disse "Querida, você na minha vida
Cai como uma luva!"

Nesse dia de festa até a floresta
Inteira se rendeu
E em todo esse plano foi o ser humano/Nesse evento insano foi o ser humano
Quem mais se deu mal
Track Name: Dessa Água
Dessa água não bebo,
Dessa não bebo não
Mas se pintar uma sede,
Talvez mude de opinião

Eu te avisei meu amigo, não adianta chorar
Depois que o leite derrama só nos resta ajudar a limpar
A vida é feita de sonho em meio a tanta labuta
E cego que não quer ver é quem só fala e não escuta

Dessa água não bebo,
Dessa não bebo não
Mas se pintar uma sede,
Talvez mude de opinião

Eu te avisei meu amigo, não adianta chorar
Depois que o leite derrama só nos resta ajoelhar e rezar
A vida é feita de sonho em meio a tanta labuta
E cego que não quer ver é quem só fala e não escuta
Track Name: Tiny Ballad
If she's not back by tomorrow
Don't bother calling the cops
Just throw her stuff out the window
Or put them all in a box

'cause things that were inside your life
Will just remind her of bad times
Nothing you say or do will work
She's opened up her eyes

But if you want to get even
Start saving money today
And maybe by the next ice age
You'll have about what it takes

You might indeed be better off
Without her scenes, without her warmth
Everyone knows it's an easy thing
To find a true, pure love

Tiny ballad in her mind

If loving was hoping for people to change
Then it would be your domain
I'm glad it isn't that way

And if you want to say goodbye
Or kiss her lips just one last time
You'll just have to hope she's in your dreams
When you close your eyes

Tiny ballad in her mind
Track Name: Continua
Quero aproveitar meu tempo com você
Pra me lembrar que a vida passa e vai continuar
Ver você mudar de um dia para o outro
E não cansar de investigar tudo o que o mundo tem

Você me faz ver que o mundo
É grande afinal
Você me faz ver que o hoje
Não é anual

Mesmo estando apenas no início
Tenho a impressão de aprender mais do que de ensinar
O prazer de ter o vento contra o rosto
E de manter sempre a curiosidade a mil

Você me faz ter o tempo
Que é meu afinal
Você me faz ver que a vida
Não é pontual

Você me faz ter o tempo
Que é meu afinal
Você me faz ver que a vida
É agora e ponto final


Você me faz ter o tempo
Que é meu afinal
Você me faz ver que o mundo
É grande afinal

Logo você vai estar solto no mundo
Vendo coisas que hoje eu nem consigo imaginar
E talvez não saiba mais dessa lição
Que me ensinou, mas algum dia alguém vai te lembrar

Que aquilo que o tempo leva
Não dá pra buscar
Que o que o futuro reserva
Precisa criar
Track Name: A Mais Bonita
Essa canção não é a mais bonita mas é sua
Melhor que duas que não são
Essas palavras não dizem aquilo que eu queria
Pense nelas como um passarinho na mão

Então veja sempre a perfeição em tudo o que há de bom no mundo
Veja sempre o que há de bom em mim

A mais bonita é minha mas não é essa canção
Ela sabe, mas sempre finge que não!

Então vejo sempre a perfeição em tudo o que fazemos juntos
Vejo sempre o que há de bom aqui,
Veja sempre o que há de bom em mim
Track Name: Chuvas do Passado
Olha pra cima e vê
Ninguém mora no céu, só o sol,
Satélites, estrelas e pó
Vazio e solidão de dar dó

Olha pra baixo e vê
Que as nuvens na verdade são mar
Que as ondas na verdade são só
As chuvas do passado a vagar

E o que pensar? Se as estrelas são
Planetas para quem estamos no céu também

Olha pra dentro e vê
As chuvas do passado a nadar,
Satélites estrelas e pó,
As nuvens, a cidade e o mar,
As ondas, a verdade e só,
Vazio e solidão de dar dó
Track Name: Afogamento
Postergando
Esperando que o céu só seja azul
Nuvens sempre há
Onde é que pretende se esconder
Quando chover

Se a tempestade é você?

Gentil com estranhos e até
Cultiva a imagem de mansidão
Hostil com quem amigo é
Castiga a si como aos irmãos
Que antídoto haverá de formular
Pra reverter

Se o veneno é você?

Ostenta o pouco que não tem
Sem ver a água no queixo
Se afogando
E culpando quem te estendeu a mão
Quanta solidão!
E o que essa trincheira onde se enfiou
Vai defender
Do que essa armadura que em vão forjou
Vai proteger

Se o inimigo é você?
Track Name: Alforria
Jogue a moeda ao alto e veja o que vai dar
Se um dia a sorte chega, no outro é o seu azar

No turbilhão dessa vida eu não sei
O que vai ser de mim, nem de vo-
Se nosso sonho por fim se desmanchar
Eu então vou saber melhor é deixar rolar

Profetas emudecidos já não têm o que pregar
Os deuses estão perdidos, fugiram do seu altar

Nas ruínas de um panteão vamos dançar
Ao som de novas canções de redenção
Sem temer o incerto amanhã, vamos viver
A santa loucura que irá por fim nos libertar
Track Name: No Bidê
Tcheco tcheco tcheco
Track Name: O Velho Cego
Um envelope aberto na mão
Sobre a mesa um livro e
No chão derradeira e vazia oração

Pela janela um raio de luz
Toca o corpo, o livro e
A cruz, a mentira que cega e seduz

Escuridão já não há mais
Não é preciso achar
O velho cego e ir atrás
Melhor é enxergar